O que é

É A PRINCIPAL POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA DO GOVERNO DE BRASILIA.

O Pacto pela Vida prevê ações integradas entre as forças de segurança, reuniões de governança entre os órgãos públicos e demais atores sociais com vistas à obtenção de resultados e ações de prevenção de violências e promoção da cultura da Paz.

O Pacto é uma nova maneira de enfrentar os problemas de segurança pública, que envolve a colaboração entre as polícias, a população e os diferentes órgãos de governo para a construção de saídas conjuntas para as violências.

Como Funciona

As demandas chegam ao Pacto a partir da participação social.

Nos encontros do Voz Ativa, a comunidade apresenta as demandas de segurança para o governador e o secretariado. Os problemas relatados alimentam a pauta a ser discutida nas reuniões estratégicas do Pacto pela Vida. A população também participa de encontros mensais realizados pela SSP nas regiões administrativas com os conselhos comunitários de segurança, que envolvem ainda os comerciantes e a sociedade civil organizada.

Reuniões estratégicas:

  • Após a apresentação das demandas são realizadas reuniões em cada RA do DF com representantes locais das forças de segurança e da comunidade.

  • As demandas que não são resolvidas nos encontros locais seguem para as reuniões nas Regiões Integradas de Segurança Pública (RISPs), que juntam, pelo menos, 6 RAs.

  • As demandas que não forem resolvidas nas reuniões de RISP seguem para o Comitê Executivo, formado pelo secretário da Segurança Pública e da Paz Social, comandantes e diretores das forças de segurança e dirigentes de outros órgãos de governo.

  • . E, por fim, o problema pode ser encaminhado para o Comitê Gestor, presidido pelo governador do DF e com a participação de autoridades do primeiro escalão.

TRABALHO ORIENTADO

As estatísticas, análises criminais e indicadores produzidos pela Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social contribuem para o trabalho das polícias, melhorando o emprego de recursos humanos e materiais.

INTEGRAÇÃO ENTRE AS POLÍCIAS

Ações coordenadas entre as forças de segurança pública enfrentam os problemas de criminalidade específicos de cada RA. As polícias agem de acordo com um foco definido, somando esforços.

REUNIÕES DE GOVERNANÇA

Reuniões regionais entre atores públicos e órgãos de governo chegam a soluções conjuntas que substituem o modelo repressivo como estratégia única. Nestas reuniões, problemas e responsabilidades são identificados. Ações, prazos e metas são definidos.

PREVENÇÃO DE VIOLÊNCIAS E PROMOÇÃO DA CIDADANIA

Ações integradas do Poder Público resgatam os que estão mais vulneráveis às violências e estimulam maneiras mais pacíficas de resolver conflitos.

INFORMAÇÃO E TRANSPARÊNCIA

O Governo de Brasília garante à sociedade informações sobre a produtividade, a qualidade dos serviços de segurança e os índices criminais para que a população tenha condições de avaliar a política pública de segurança.

PARTICIPAÇÃO POPULAR

A população é a protagonista. O programa prevê escutas qualificadas da sociedade civil para mapear os problemas locais, adequando as soluções à realidade de cada região.

VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

O Pacto Pela Vida prevê mecanismos de incentivo e reconhe ento das boas práticas e resultados do trabalho dos profissionais da segurança pública.

Brasília foi dividida em quatro Regiões Integradas de Segurança (RISPs) – Metropolitana, Oeste, Sul e Leste - para estabelecer a responsabilidade das ações de combate à criminalidade no Pacto pela Vida. Cada RISP é composta por, pelo menos, seis regiões administrativas. Nas regiões integradas são realizadas operações conjuntas para resolver problemas comuns
das regiões administrativas. Essa forma de organização aumenta a capacidade de coordenação das ações de segurança tanto no aspecto operacional, como na distribuição dos efetivos policiais e otimiza os recursos empregados. Região Metropolitana é formada por: Plano Piloto, Cruzeiro, Octogonal, Sudoeste, Guará, Sia, Scia, Estrutural, Lago Sul;
Região Oeste é formada por: Taguatinga, Brazlândia, Ceilândia, Samambaia, Águas Claras, Vicente Pires Região Sul é formada por: Riacho Fundo, Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Park Way, Santa Maria, jardim Botânico; Região Leste é formada por: Planaltina, Lago Norte, Varjão, Paranoá, Itapoã, São Sebastião, Jardim Botânico, Sobradinho, Fercal.

Documentos

Documento Orientador do Viva Brasília
Pacto pela Vida

Links Colaboradores

Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal

SAM - Conjunto "A" Bloco "A" Edifício Sede CEP: 70.620-000 Brasília-DF.